quinta-feira, 20 de setembro de 2012

Ruby Sparks (2012)


"Ruby Sparks" foi um daqueles casos de amor à primeira sinopse mas aquilo que parecia perfeito em palavras não resultou tão bem na passagem para o grande ecrã. É um  filme simpático, apoiado pelas fortes interpretações de Paul Dano e Zoe Kazan (esta última responsável igualmente pelo argumento), mas infelizmente não passa disso. E sim, o facto de terem colocado um bonito exemplar do "The Catcher in the Rye" despedaçado em quinhentos mil pedacinhos também contribuiu um pouco para o meu desencanto. Humpf, blasfémia :p

Imagem: impawards

4 comentários:

Vespinha disse...

Também vi, e sabes o que achei? Que o trailer prometia muito mais do que o filme me deu.

Anita disse...

Completamente de acordo.

efemota disse...

sério? pq n gostaste? eu ainda não tinha lido nada e gostei do filme.

cumps

Anita disse...

Hey, eu gostei do filme :D Só não esteve foi à altura das minhas expectativas. Começa muito bem mas depois vai perdendo a sua força e a recta final, repleta dos tradicionais clichés das comédias românticas estraga mesmo tudo e contraria de certa forma a essência do filme. Ainda para mais dentro do género temos o "Stranger Than Fiction" (se ainda não viste aconselho vivamente) que é bem melhor.