domingo, 26 de abril de 2009

O que é que Duplicity e The International têm em comum?

1- Ambos contam com Clive Owen no papel principal
2- Parte da trama ocorre na Itália, esse país encantador
3- Ambos proporcionam um serão de bom entretenimento mas, no final o que  predomina é um forte sentimento de decepção, o que é de lamentar. 

5 comentários:

Red Dust disse...

Em todo o caso, conto ver ambos em... DVD. Para variar!!!!! :)

Daqui a uns meses... :)

Beijinho.

Fifeco disse...

Por acaso tinha grandes expectativas face a este filme. Duplicity foi uma desilusão de todo o tamanho. Não queria que este também fosse mas pelos vistos vai mesmo ser.

Bjs

Anita disse...

Red: :) deixa lá...são 2 filmes que preferia te visto em dvd mas, isto a nível de oferta cinéfila anda mal...

Fifeco: é bem melhor que o "Duplicity" mas, não eleves muito as expectativas...apesar de ter algumas sequências de acção muito bem exploradas e uma premissa interessante, acaba por se perder completamente à medida que a trama se vai desenvolvendo...quanto às interpretações, o Clive está muito bem, mantendo o registo do costume (gostava mesmo de o ver noutro tipo de papeis mas parece que ele não se quer aventurar), já a Naomi é completamente mal aproveitada, o que é uma pena tendo em conta o seu talento...

ângela disse...

Mas esse tem a Naomi, que só pela sua carinha fofinha deve fazer o filme valer mais. digo eu, que ainda não o vi, nem devo :)

Anita disse...

é bastante melhor do que o Duplicity mas, mesmo com a Naomi acaba por desiludir...principalmente porque não aproveitam todo o talento desta menina que acaba mais por ser uma personagem secundária e irrelevante ao contrário do que seria de desejar :(